terça-feira, 16 de julho de 2013

Alckmin: Metrô de São Paulo é acusado de gastar muito em reformas de trens

Em São Paulo, o metrô está sendo denunciado por gastar demais em reformais, ao invés de comprar novos trens. Segundo o deputado do PT, Simão Pedro, o Estado teria pago R$ 1,7 bilhão pela modernização de 98 trens. Com um pouco mais seria possível comprar tudo novo.

O deputado ainda afirma que o custo de reforma dos velhos é 85,7% do preço de um saído da fábrica. A base de comparação é um outro contrato assinado no ano passado, em que um trem novo saiu por R$ 23,6 milhões. Já o reformado de 2009 custou em média R$ 17,1 milhões.

Tribunal de Contas do Estado de São Paulo questiona o por que do metrô paulistano não ter aberto uma licitação para empresas estrangeiras, decisão que, segundo o tribunal, reduz a competitividade e pode gerar prejuízo para a população.
SBT

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário