quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Em 4 anos, Alckmin corta 55% dos investimentos em Educação

Muita gente foi pras ruas em 2013 para cobrar mais investimentos em educação pública. 

Na contramão dos anseios da população, o governador do estado de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) cortou cerca mais da metade das verbas de investimento em educação no estado.

De acordo com o site do governo do estado de São Paulo e a página no Facebook “Notícias da Tucanada” (onde a denuncia foi publicada) o Governo do Estado de São Paulo reduziu 37,5% do valor em investimento em educação em relação a 2013 e 55.26% em relação a 2010. Confira o Gráfico:

Em contra partida as receitas do estado crescem a cada ano:
Agora veja no vídeo abaixo apresentado pelo Deputado Estadual Carlos Giannazi que demonstra o sucateamento em algumas escolas do estado.

 Agora qual será o motivo do governador cortar os investimentos?         
Os professores são mal pagos, as apostilas doadas pelo governo é uma porcaria fazendo com que os alunos foquem em apenas um tema por matéria durante todo o bimestre.
 As escolas parecem mais uma prisão, grades por toda parte, os alunos não tem permissão para ir ao Banheiro, câmeras por toda parte, a comida é ruim, as bibliotecas só tem livros pré-selecionados pelo governo, não existem laboratórios, os alunos não assistem a palestras, e quando assistem é só uma minoria pré-selecionada pela direção e as escolas não tem infra-estrutura para tantos alunos que são cerca de 40 a 60 por sala de aula.
Se quiserem comprovar os dados:
1º – Entre no site da Secretaria de Planejamento do Estado de São Paulo: http://goo.gl/eLEI07 ;
2º – Clique no ícone “Despesas Órgãos” na parte superior da página.
3º – No canto direito, logo acima do gráfico de colunas, escolha a Secretaria de Educação.
4º – Comprove a redução nos investimentos em educação para 2014 através dos gráficos.

5 comentários:

  1. Eu segui as instruções para ver o gráfico no site do governo do estado mesmo. E lá, as despesas com educação só aumentaram. Porém, o título do gráfico mudou de "investimento" para "custeio / programas". Acho que o que aconteceu, é que a grana classificada como "investimento", realmente diminuiu, mas a verba para cobrir custos de operação aumentou. Portanto, acho que vocês vão precisar retificar este post, ele não corresponde à realidade.

    ResponderExcluir
  2. OS black "bostas" não protestam contra o governador sobre isso, estranho!

    ResponderExcluir
  3. Aparentemente mudaram a página e o gráfico já não está mais lá. Há apenas uma discreta e tímida tabela mostrando que os gastos com investimentos diminuíram 37,5% de 2013 para 2014.
    Aproveito para sugerir este link do Bob Fernandes: http://terramagazine.terra.com.br/bobfernandes/blog/2013/12/18/joias-da-coroa-de-alckmin-usp-fatecs-e-unesp-terao-menos-verbas-para-novos-investimentos-em-2014/

    ResponderExcluir
  4. O último passo é clicar na cor amarela do gráfico pizza ;)

    ResponderExcluir
  5. Poderia me dizer onde acho um link do tipo do estado do Rio de Janeiro?

    ResponderExcluir